O Vendedor de Sonhos

Livro de Augusto Cury, psiquiatra e psicanalista. Algumas frases serão interessantes serão destacadas.

   Os vendedores de sonhos são freqüentemente estranhos no ninho
social. São anormais. Pois o normal é chafurdar na lama do individualismo,
do egocentrismo, do personalismo.

   A experiência do prazer havia se tornado larga como um oceano, mas tão rasa quanto um espelho d’água. Muitos privilegiados financeira e intelectualmente viviam
vazios, entediados, ilhados em seu mundo. O sistema social assolava não
apenas os miseráveis, mas também os abastados.

Se pensar, entenderá que a culpa, os erros, as decepções e as desgraças são privilégios de uma vida consciente. A morte não tem esses privilégios!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s